Visan divulga boletim para informar a comunidade

A Videira Saneamento (Visan) se solidariza com a comunidade que vem sofrendo com inconstância no sistema de abastecimento de água em nossa cidade e informa que, desde que assumiu a operação em 25 de agosto, atua com todos seus esforços para reestabelecer o abastecimento.

Algumas informações e esclarecimentos são importantes para melhor entendimento desse momento:

Sobre a equipe de trabalho

A equipe de trabalho que opera o sistema é composta por profissionais tecnicamente qualificados e com conhecimento em tratamento e distribuição de água. Engenheiros civis, sanitaristas, elétricos e outras áreas do conhecimento, tanto da prefeitura quanto da empresa Atlantis, contratada para o momento de transição, atuam em conjunto. Muitos destes profissionais trazem a experiência de já terem atuado em mais de 15 municípios como Lages, Tubarão, Morro da Fumaça, Guabiruba, entre outros, que, assim como Videira, transferiram a gestão dos serviços da operadora do estado para o município.

Sobre o início da operação

Nestes primeiros 7 dias de operação, sob responsabilidade do município, constatou-se que o sistema de abastecimento de água de Videira, em sua atual condição e se nenhum incidente ocorrer no processo, tem a capacidade de tratar diariamente cerca de 9 milhões de litros de água. No entanto, o volume de água que a cidade consume em dias de pico supera os 10.5 milhões de litros/dia, o que define o sistema como deficitário.

Além deste déficit, nestes primeiros dias a operação sofreu vários incidentes que impactaram diretamente na performance de abastecimento. Incidentes não possíveis de serem previstos pela equipe, que tomou posse da operação sem as informações concretas da rede ou os mapas de distribuição. Entre os principais eventos adversos, destacam-se três:

  • Quebra de um conjunto motobomba na Estação de Tratamento de Água (ETA), que abastece para o sistema R3, fornecendo água para os bairros Marafon, Morada do Sol, Dois Pinheiros, parte da Matriz, Portal das Videiras, Vinhedos I, II e III, Alto da Boa Vista e Loteamento Flores.
  • Rompimento de uma adutora na saída da Estação de Tratamento de Água (ETA), que abastece os bairros do sistema R3.
  • Paralização por cerca de 16 horas da operação na Estação de Tratamento de Água (ETA), na terça-feira (28), o que gerou o desabastecimento de 100% do sistema de distribuição do município.

Mesmo com tantas adversidades a equipe técnica de operação trabalhou diuturnamente para o reestabelecimento do sistema, com ações de emergências pontuais como:

  • Reconstrução do sistema de telemetria, ou seja, sistema de controle operacional online, permitindo o monitoramento de 80% das unidades operacionais do município de Videira, já neste início de operação.
  • Construção de 500 metros de rede para reforço de abastecimento do reservatório do Parque da Uva, que abastece os bairros Cidade Alta, Amarante, Santa Gema, Cetrevi, Poente do Sol, Universitário e Recanto da Natureza.
  • Troca do sistema de cloração na Estação de Tratamento de Água (ETA).
  • Manutenções emergenciais de conjuntos motobombas, registros, tubulação e reservatórios.
  • Disponibilização de caminhões pipa para abastecimento dos reservatórios.

 

Sobre evolução da operação

Com estas ações a performance do sistema evoluiu positivamente e de forma constante, chegando na sexta-feira (31) com 95% do município sendo abastecido com regularidade. Nesta mesma data foram identificados dois grandes pontos de vazamentos subterrâneos nos bairros Morada do Sol e Santa Gema, que causam grande impacto na distribuição e agora estão sendo recuperados.

O sistema de tratamento de água está trabalhando com 100% de sua capacidade e a cada dia evoluindo para o atendimento integral em todos os bairros.

A expectativa é positiva de que o sistema se mantenha estável. Mas é determinante para isso que nenhum incidente ocorra neste momento de retomada e que a comunidade contribua e faça o uso consciente da água, evitando desperdício.

A equipe técnica de tratamento está monitorando constantemente a água que é distribuída a partir da ETA, através de análises laboratoriais, garantindo a qualidade dentro dos padrões estabelecidos pela legislação vigente.

 

Sobre ações futuras

A equipe trabalha focada na ação emergencial de regularização do fornecimento da água e, também, prepara um diagnóstico do sistema que servirá de base para um plano detalhado que apontará as ações emergenciais, de curto e médio prazo que o município deverá realizar com o objetivo de aumentar a segurança operacional e a capacidade de atendimento.

Mesmo com a estabilização do sistema, ainda poderão haver momentos pontuais de déficit no abastecimento, pois o sistema continua frágil, apresentando perdas acima da média nacional, necessitando de ações que demandam tempo e investimentos.

Reafirmamos que toda a equipe de trabalho está mobilizada e não medindo esforços para regularizar o abastecimento. A comunidade pode ajudar reduzindo o consumo e informando suspeitas de vazamento pelos telefones de plantão da Visan: 99139-1125 e 99158-1833.

Contamos com a compreensão e ajuda de todos, para superarmos este momento difícil e conseguirmos oferecer um serviço eficiente e de qualidade a todos os videirenses.

1 thought on “Visan divulga boletim para informar a comunidade”

  1. Vocês comentaram os bairros mais Jardim Canadá estamos sem água desde de sexta e não resolvem estamos sem cozinhar tomar banho as crianças não estão indo nem na escola oque vão resolver

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *