Três veículos se envolvem em acidente na Saul Brandalise

Videira – Três carros batidos e prejuízo de grande monta. Esse foi o resultado de um desastroso acidente, causado por alta velocidade e imprudência, na última segunda-feira (21), na rua Saul Brandalise, na altura do Procon. A batida ocorreu por volta das 17h45, causando filas e transtornos, já que era horário de pico e chovia no momento.

A colisão foi causada por um Polo, que descia sentido 2 Pinheiros – Centro. Ele estava em alta velocidade e ao tentar uma ultrapassagem arriscada, acertou em cheio um Onix que fazia o sentido contrário. Um corsa que estava parado no estacionamento acabou atingido, já que o impacto da batida jogou o Onix contra o carro.

Dentro do Onix, estavam três crianças que ficaram bastante assustadas com a batida. O motorista havia acabado de pegá-las na escola. Duas pessoas foram conduzidas para Hospital Salvatoriano Divino Salvador (HSDS) com ferimentos leves.

O corpo de Bombeiros e a Polícia Militar atenderam a ocorrência. A PM orientou o trânsito no local, que ficou em meia pista por aproximadamente uma hora.

Acidentes constantes

Constantemente acontecem batidas no local. De acordo com os comerciantes do local, diversas reclamações já foram feitas, tanto para o órgão de Trânsito de Videira (Ortravi), como para os vereadores, porém, até o momento nada foi feito. “Estamos cansados de pedir uma faixa de segurança elevada aqui. Geralmente, os carros descem em alta velocidade e, as vezes, tem gente atravessando a faixa de segurança, muitas vezes os veículos não conseguem parar a tempo e acabam batendo”, relata um comerciante.

O acidente também foi abordado na sessão da câmara de Vereadores, na terça-feira (22), Rafael Balestrin (MDB), ressaltou que em 13 de março de 2017 fez uma indicação pedindo providências no local, já que donos de lojas e moradores do local já haviam se queixado do alto número de acidentes na via. “Só espero que não haja nenhuma vitima para que os responsáveis tomem alguma providência”, afirmou.

Prod: Josiane Ugolini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *