Investidores têm Videira como referência regional

Videira – Como saber se um município está crescendo e se desenvolvendo? Um dos indicadores é o volume de transações imobiliárias, pois mostra que os investidores estão direcionando seus investimentos para nossa cidade, acrescido por outro fator, que é a capacidade econômica das pessoas em adquiri-los ou usufruí-los.

Analisando os números dos valores arrecadados com o ITBI (Imposto que incide sobre negócios imobiliários) em Videira, constata-se um crescimento vertiginoso, que traduz na valorização dos imóveis e no crescimento das negociações.

Prova disso que em análise comparativa dos meses de janeiro a julho, no ano 2016 a arrecadação média do ITBI foi de R$ 143 mil reais/mês, enquanto que no ano de 2017 a arrecadação no mesmo teve um crescimento de 20% e atingiu R$ 173,2 mil reais/mês. Porém, no mesmo período de 2018, a arrecadação média superou os R$ 230 mil reais/mês, tendo um aumento de 32,9%, o que se comprova que Videira se tornou o destino de investidores, incrementando o valor dos imóveis e aumentando as transações imobiliárias.

Além disso, outros indicadores demonstram que Videira virou referência regional, como os relacionados a criação de empregos e investimentos realizados. Nestes dois quesitos, Videira tem se destacado, já é o 2º município que mais criou postos de trabalho e o 5º que mais investiu, proporcionalmente a sua arrecadação, no Estado.

Para o Secretário de Administração, Gentil Gaedke, este número representa que a economia local está bastante aquecida. “Um bom termômetro para medir o andamento da economia de um município é o volume de transações imobiliárias, por dois aspectos. O primeiro é por que mostra que os investidores e a população estão otimistas com o Município. O segundo, é que o mercado imobiliário está impulsionado pelos grandes investimentos que estão vindo para Videira, uma vez que a administração municipal está trabalhando como agente facilitador dos empresários, geradores de mais empregos, e emprego é dignidade”, destacou.

Prod: Luis Fernando Ritzel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *